Desconstruindo um mito

Pensem bem na seguinta situação:

Você trabalha e acabou de ter um bebê! Assim que o seu filho(a) for capaz de falar, provavelmente você vai colocá-lo numa escolinha, onde ele vai ficar interagindo com professores, babás e outras crianças, enquanto você vai trabalhar… isso significa que ele é capaz de se comunicar sem ajuda, ele é fluente em português, e ainda não foi sequer alfabetizado!

Ele não tem um vocabulário extenso, porque é apenas uma criança, mas já consegue falar fluentemente, e vai aprender mais palavras cada vez mais rápido, enquanto fala. E só dali a dois anos é que ele, já alfabetizado, vai começar a aprender gramática. Mas nesse ponto ele já “fala” português, e se as pessoas com quem ele convive também falam corretamente ele terá a sua linguagem clara e bem arrumada também.

Essa é a grande questão pra mim!

Não se ensina inglês com gramática, e sim com vocabulário e prática

… muita prática, mas de forma natural, conversando, cantando, lendo, jogando, e quando o aluno estiver falando inglês comigo, aí sim, nós mergulhamos na gramática, que vai servir apenas para dar suporte à língua que ele já fala, corrigindo pequenos detalhes, e polindo ainda mais a sua linguagem.

Dessa forma conseguimos reduzir um curso de 3 ou 4 anos para apenas 1 ano, e com foco em fluência mesmo, verbal e escrita, e com ótimos resultados, da mesma forma que uma criança aprende a falar!

Querem saber mais?
Aguardo seu contato. E continue tentando até conseguir!
A oportunidade que você estava esperando é esta!

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *